Pequeno negócio

A força do Pequeno Negócio

Sebrae e o apoio ao pequeno negócio

O Brasil tem a potencia que faz com que a economia sempre esteja em movimento.

Aproximadamente mais de 15, 5 Milhões de Micro e pequenos empreendedores são os responsáveis em fazer os Negócios estarem em constante movimento, gerando riqueza, renda e empregos.

Mais de 90% das novas vagas de trabalho no país, foram os pequenos empreendedores que geraram.

Os dados mostram que os pequenos empreendedores empurraram o país para frente nos momentos recentes de maior oscilação econômica. E evidenciam o quanto eles são motor de recuperação. “Da padaria da esquina às startups, esses empreendedores geram emprego e renda e contribuem para o desenvolvimento de suas comunidades”, analisa o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Com mais de 700 postos espalhados pelo país, o Sebrae atende anualmente mais de 10 milhões de empreendedores.

Aproximadamente existem 700 postos pelo pais, e mais de 10 milhões de empreendedores são atendidos pelo Sebrae.

É o que aconteceu Nelly Cardoso, dona de um ateliê de bijuterias de Recife (PE).

“Minha história mudou no dia em que eu botei o pé no Sebrae”, diz a empresária.

Após ficar desempregada e tentar buscar algumas alternativas profissionais sem sucesso, ela procurou orientação e assim tudo mudou.

Desde que comecei estou junto do Sebrae, e acho que vou estar para o resto da minha vida. O Sebrae não só me ajudou na educação empresarial, mas a formatar recursos, compreender a empresa como organização, ter foco na gestão, inovar no produto e sempre estar de acordo com pesquisas de mercado para entender a necessidade do consumidor.

Nelly Cardoso
Sem sombra de duvidas o empreendedorismo em geral muda vidas, e não seria diferente com os pequenos negócios, Cíntia Machado relata que encontrou sua paixão e a saída para vencer a falta de oportunidade na gastronomia, ela e dono ha oito anos do Frango Chef, a convite da Sebrae, em 2019 Cíntia participou do Espaço Favela no Rock In Rio, área voltado para valorizar o sabor das comunidades cariocas, la serviu o famoso Bolinho de Feijoada.

No Sebrae, aprendi a me posicionar melhor, saber negociar, ter certificação do produto. Hoje em dia, a pessoa quando consome um bolinho sabe que está dentro das normas. Cada ano que passa de parceria, eu me sinto mais segura para subir um degrau. Hoje estou num patamar que me permitiu vender no Rock in Rio. Cíntia Machado

O Sebrae contribui ainda para a formalização dos negócios, mostrando o caminho das pedras para que empreendedores se regularizem.

Ter uma empresa registrada permite que o trabalho de muitos brasileiros saia da margem do mercado e se profissionalize.

O Sebrae mostra o caminho para a formalização dos seus negócios, ter uma empresa registrada e fundamental e permite que muitos brasileiros entrem para o mercado de trabalho de forma correta e se profissionalize.