Faça a festa sublimação

Faça a Festa, foco, alegria e negócio

A Barato Máquinas entrou em contato com a “Faça a Festa“, e trocamos umas idéias sobre como elas começaram a engajar nesse mercado da sublimação, as dificuldades e ainda deram alguns conselhos para quem está começando a personalizar profissionalmente.

Como você começou a trabalhar com sublimação?

Eu estava sem trabalhar, buscando uma alternativa que me possibilitasse produzir em casa e conciliar o cuidado com os filhos.

Quando você estava começando o que mais te deixou insegura?

Não saber operar as máquinas corretamente e entregar produtos sem muita qualidade.

Já pensou em desistir, se sim, por que?

No começo era insegura por não saber fazer a parte gráfica, desenvolver as artes, hoje tenho uma parceria que cuida desta parte.

Qual sua maior motivação, para trabalhar com isso?

É um mercado que cresce significativamente, com muitas possibilidades.

Qual maior Desafio que já enfrentou na área?

Concorrência. É importante encontrar bons fornecedores que trabalham com produtos de qualidade e variados e que tenham um bom preço.

O que você mudaria no mercado?

Acredito que o mercado está se desenvolvendo rapidamente, o desafio é se manter atualizado.

Se um sonho pudesse se realizar em um estalar de dedos, qual seria?

Ser uma grande empresa no mercado, capaz de contribuir com desenvolvimento social.

Qual conselho daria para quem está começando?

Não desista, é um mercado que está se expandindo, tem espaço para todos. Escolha um produto para ser o foco da sua produção e direcione sua energia para que ele se destaque, é uma boa maneira de ganhar mercado.

Gostou da entrevista com a Faça a Festa? Tem alguma dúvida ou quer dar entrevista também? Deixo nos comentários.

Instagram: @faca_a_festa_
Facebook: @facaafesta18